"Our duty is to feel what is great and love what is beautiful - not to accept all the social conventions and the infamies they impose on us."

In Madame Bovary de Gustave Flaubert

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Silky night... (I)

03.00am

Apesar da ligeira brisa, aquela noite lisboeta estava agradável. após o jantar, o habitual grupo de colegas tinha decidido ir até ao Silk. Espaço selecto, no sétimo andar de um prédio antigo no chiado, com uma vista deslumbrante sobre a Capital. 

Para entrar, só com recurso aos contactos do Xavier, um dos nossos colegas mais veteranos e que conhecia quase toda a gente que interessava, já que apenas estando na guestlist se podia usufruir do espaço. 

Dirigiram-se ao bar e todos pediram a sua bebida. Rui, um dos mais novos do grupo acompanhava Temperance, uma colega britânica que estava em Lisboa a dar formações durante aquela semana e que era a unica "novata" no grupo. Rui era um rapaz discreto. Do alto do seu 1,90m e com cara de miúdo, era ainda muita vezes confundido com um teenager, apesar dos seus 28 anos. Era do tipo cómico, ideal para ajudar a integrar alguém que vem de fora do país em trabalho. Não era coisa para lhe custar, já que a Temperance era uma mulher muito bonita e afável. Os olhos profundamente verdes, face arredondada com boca extremamente bem delineada e cabelo castanho liso a emoldurar toda a face harmoniosamente maquilhada, já deixariam muitos homens a olhar, mas os cerca de 1,75m de altura aos quais se poderia acrescentar ainda os saltos altos tornavam-na extremamente vistosa e até intimidante para os mais incautos.

 Junto ao bar, Rui pediu um Smirnoff Ice enquanto Temperance pedira um Cosmopolitan. A conversa fluía agradavelmente. Rui avançou:

- Estás a gostar desta estadia em Lisboa?? 
- Sim, desta vez consegui sair um pouco à noite. da ultima vez tive de ficar quase todo o tempo no Hotel por causa do mau tempo.- retorquiu Temperance. 

- Pois foi. Mas desta vez mesmo com mau tempo, nem que fosse eu lá buscar-te para te mostrar um o pouco da cidade á noite. - atirou Rui. 

- E quem te disse que aceitava? - respondeu ela entre risadas. Tempe era surpreendentemente sorridente e descomplexada. 

Pelo menos tentava. - disse Rui enquanto piscava o olho com sorriso atrevido.  Apesar dos 7 anos que os separavam, e de trabalharem na mesma empresa há cerca de 1 ano, havia uma grande empatia entre os dois. 

Temperance retribui-lhe o piscar de olho, levantou-se e dirigiu-se ao Terraço.  

Rui permaneceu no seu lugar, bebeu mais um trago de Smirnoff e continuou a olhar a sua interlocutora que se afastava com andar firme e confiante. O tecido negro das calças que Temperance usava ajudavam a realçar as curvas bem delineadas do esguio corpo. Rui notava que algumas cabeças masculinas se viravam para poder contemplar aquela figura feminina vestida de negro. 

Tempe encostou-se há varanda a observar a cidade e o rio... acompanhada do seu Cosmopolitan, desfrutava da brisa que fazia o seu cabelo ficar levemente agitado. Fechou os olhos por momentos, num momento breve de relaxamento interior.

Por esta altura Rui ia conversando com os restantes colegas, mas a ausência de Temperance deixou-o apreensivo. Levantou-se e procurou-a. 

Subiu ao terraço e por entre pouffs, sofás e chapéus de sol, vislumbrou ao fundo uma figura que lhe pareceu  a Britânica. Aproximou-se lentamente, arriscou colocar-lhe a mão à volta da cintura e deu-lhe um leve beijo no ombro..

13 comentários:

Sem Reino disse...

um espaço agradável (o silk e este) e prevê-se continuação :)

Kronos disse...

@Sem Reino

Obrigado.
...e está confirmada a continuação... para muito breve.

k

GataHari disse...

7 anos?? Mais velha ou mais nova?

Kronos disse...

@Gatahari

Pertinente sem duvida... mas o raio da miuda com 21 anos já daria formações??..

Precoec no minimo

;)

K

Vulcano disse...

Há simplesmente momentos que os descrevemos com agrado... nem que não seja para nós proprios!
Este é um daqueles momentos de relax agradável!
Bons momentos!

Vou aguardar o fecho disto tudo...

Abraço

EROTICAMENTE FALANDO disse...

Que este seja mais um Natal repleto de prazeres ilimitados!

Que a noite traga consigo toda a magia e encanto e que encha o teu coração de tudo aquilo que mais desejares...

São os meus votos... FELIZ NATAL =)

Íntimas Intenções by Anita disse...

Que em seu Natal não falte amor, amizade, sinceridade, felicidade, harmonia e compaixão. Que possa estar junto de todos os que ama, se não fisicamente mas por pensamentos e sentimentos.
Um Feliz Natal!
Beijos!

Me disse...

Romanticamente descrito...






Beijos

Kronos disse...

@Vulcano e Anita
embora com atraso, retribuo os votos de Boas festividades.
e para 2012 que continuem com os vossos cantos com a qualidade habitual!!

K

Kronos disse...

@Me

Obg.

;)

K

GataHari disse...

Sabes que essa coisa da mulher ser mais velha...fascina-me ;)

Kronos disse...

@Gatahari

Sei?? acho que não sei.. queres explicar??

;)

K

GataHari disse...

Heehhehehehe

Não! Não quero explicar ;)